Interpretação de METAR

Primeiramente o que é METAR?

METAR = Meteorological Aviation Report, ou conhecido como, Mensagem de Tempo de uma determinada hora.

Abaixo você pode conferir um exemplo:

SBGR 061500Z 20010G25KT 3000 1000S R09/1300U TSRA BKN015 FEW040 OVC100 20/16 Q1015 WS R27

Consequentemente, 

Local, Dia e Hora, Vento, Visibilidade, RVR, Tempo Presente, Nuvens, Tempo e PO, Pressão, Informações Suplementares 

Pois Bem, agora que sabemos cada parte do METAR acima, vamos decodificar.

SBGR = Código OACI, Aeroporto Internacional de São Paulo-Guarulhos.

061500Z = Dia 06, às 15:00z (zulu), conhecido como UTC, por exemplo, SBGR se localiza na cidade de São Paulo que pertence ao GMT -3, então se forem 15:00Z – 3 horas do fuso, este METAR será da 12:00 sendo valido até 12:59

20010G25KT = “200” se refere a direção do vento em relação ao norte verdadeiro, vindo de 200°. “10” é a velocidade no qual o vento se encontra sendo ele codificado em “nós – KT”. “G25” vem da palavra Gust, sendo assim Gust25KT, em português, rajada a 25 nós, a rajada (G) só será representada no METAR se sua velocidade for 10KT ou mais acima da velocidade média.

3000 1000S = Visibilidade horizontal predominante em metros. Ex: sua visibilidade está a 3000 metros, e acima disto você não enxergará mais. Além da visibilidade predominante será informada a visibilidade mínima se esta for inferior a 1500m ou >50% da predominante. Ex: 3000 1000S, neste exemplo 1000 metros está abaixo de 1500 metros e também inferior a 50% de 3000 metros, assim será informada junto a sua orientação, Sul.

R09/1300U = Alcance visual da pista. Na pista 09 a visibilidade é de 1300m Up. Quando o RVR for informado, o grupo será composto pela letra R seguida do designador de pista, exemplo: 09. Pistas paralelas devem ser designadas, adicionando-se a L, C ou R, sendo left = esquerda, center = central, right = direita. Caso o valor do RVR mostre tendências ascendentes, descendente ou nenhuma tendência, esta será representada por U, D ou N (up, down e normal)

TSRA = É o tempo presente, TS = Thunder Storm, trovoada e RA = Rain, chuva. Também poderá vir acompanhado de + ou -, para assim indicar a intensidade do fenômeno. Abaixo você pode conferir a tabela citando alguns exemplos: 

 

BKN015 FEW040 OVC100 = Dentre os diversos tipos de nuvens, temos:

  • BKN = Céu nublado
  • FEW = Poucas Nuvens
  • OVC = Céu Encoberto

E respectivamente sua altura indicada em pés (Ft). Exemplo: BKN015 = Céu nublado à 1500 Ft. Uma dica é sempre adicionar 2 zeros, 040 = 4000ft, 100= 10000ft.

20/16 = É a temperatura e o PO (ponto de orvalho), temperaturas negativas serão precedidas pela letra “M”

Q1015 = É a pressão codificado em hectopascal inteiro (QNH)

WS R27 = Suplementos, por exemplo, WS = Wind Share – cortante de vento na Pista 27.

CAVOK = SUBSTITUI AS INFORMAÇÕES SOBRE VISIBILIDADE, ALCANCE VISUAL NA PISTA, TEMPO PRESENTE E NUVENS, QUANDO OCORREM SIMULTANEAMENTE AS SEGUINTES CONDIÇÕES.

  • Visibilidade: 10Km ou mais;
  • Tempo presente: ausência de precipitações e trovoadas
  • Nuvens: nenhuma nuvem abaixo de 1.500m e nenhum CB ou TCU

 

http://www.redemet.aer.mil.br/ <<< NESTE SITE VOCÊ PODE CONFERIR OS DIVERSOS METAR ESPALHADOS PELO PAÍS

 

 

 

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s